Translate

Professora de Ed. Visual e Ed. Tecnológica

A minha foto

Licenciada em ensino da Educação Visual e Tecnológica pela Escola Superior de Educação de Castelo Branco;

Mestre em Educação - especialidade de Formação Pessoal e Social pela Universidade da Beira Interior, com a defesa da dissertação "Formação Cívica e Criatividade";

Pertence ao Quadro do Agrupamento de Escolas Pêro da Covilhã,  em Covilhã e encontra-se atualmente destacada na Escola Básica  e Secundária Pedro Álvares Cabral, em Belmonte.

  Faz parte da bolsa de formadores do Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua, que lhe permite dar formação nas seguintes áreas/domínios:
A - ÁREA DE CIÊNCIAS DA ESPECIALIDADE:
A17 - Desenvolvimento Pessoal e Social
A53 - Técnicas de Cerâmica e Vidro
C - ÁREA DE PRÁTICA E INVESTIGAÇÃO PEDAGÓGICA E DIDÁCTICA:
C05 - Didácticas Específicas (Educação Visual e Tecnológica)

Fomenta uma aprendizagem alicerçada no aprender a viver juntos, aprender a viver com os outros, onde se privilegiam metodologias que permitam o reconhecimento progressivo de si e do outro e a realização de projectos comuns. Acredita fortemente no trabalho em equipa porque, além de proporcionar a partilha de saberes, ideias, experiências e vivências, promove o desenvolver de competências democráticas, tais como: o exercício da responsabilidade, tolerância e solidariedade, conducentes ao bom desempenho cívico e produtivo e ao consequente desenvolver da formação integral da personalidade.

09/01/2009

REUNIÃO SINDICAL

13 de Janeiro: Jornada Nacional de Reflexão e de Luta


Com esta iniciativa pretende-se que os professores e educadores de todo o país reservem um tempo do seu dia de trabalho para reunir, das formas que considerarem mais adequadas, para, dessa forma, participarem na construção do futuro do seu estatuto profissional e de carreira e para aprovarem posições que renovem, ratifiquem ou reafirmem decisões já assumidas de suspensão efectiva da avaliação em cada escola. Para tal, os Sindicatos garantiram já o enquadramento legal para que essas reuniões se realizem ao abrigo da lei sindical.Na escola Pedro Álvares Cabral de Belmonte esta reunião terá lugar no dia 13, pelas 9 horas.

Em debate, como sabemos, estará a revisão do Estatuto da Carreira Docente, diploma estruturante da nossa profissão, e a Avaliação do Desempenho.

Questões centrais desta revisão serão sem dúvida:

• a divisão da carreira;

• a imposição de quotas na avaliação;

• uma espúria prova de ingresso na profissão;

• horários pedagogicamente incorrectos;

• o agravamento da instabilidade profissional;
• …

A Plataforma Sindical, tem, contudo, definido como factor essencial para desbloquear a situação de impasse ou de impossibilidade negocial, dois aspectos essenciais para os professores. Duas matérias que estes têm colocado no topo das suas prioridades e que, a serem considerados, reverterão a favor da Escola, dos Alunos e dos Professores:

— o fim da divisão artificial e iníquo da carreira docente em duas categorias;
— a suspensão do modelo de avaliação do desempenho.

Portanto, deixo aqui um apelo a todos aqueles, cujas dúvidas ainda persistam: Não faltem!

Sem comentários: